Mato Grosso, 29 de Novembro de 2014 - 03:00:36

Editoriais


Enquete


Notícias

Um dos mortos já tinha sido preso por explosão de caixa

09/08/2012 21:49
Prisão foi revogada em maio e ele estava em liberdade condicional
 
 
Francisco Cardoso dos Santos Neto, de 20, membro da quadrilha que assaltou a agência do Banco do Brasil em Campos de Júlio (553 quilômetros ao norte de Cuiabá), e um dos cinco mortos no confronto com o Bope na manhã desta quinta-feira (8), após intensa troca de tiros em uma região de mata fechada às margens do rio Juína, já era conhecido da polícia.
Ele foi preso no dia 6 de dezembro do ano passado, após participar de um arrastão arrombando três caixas-eletrônicos na Capital, utilizando dinamite para detonar os equipamentos.
Na primeira ação criminosa, quatro homens armados com revólveres seqüestraram três funcionários de uma farmácia, no bairro Morado do Ouro, colocando-os num Corolla, com o qual ficaram rodando pelas ruas da cidade, fazendo ameaças e exigindo que eles abrissem novamente o estabelecimento comercial.
Em seguida, voltaram à farmácia e usando bananas de dinamite, explodiram o caixa do Banco do Brasil. O seqüestro seguido de roubo ocorreu numa terça-feira, por volta das 23 horas.
Cerca de meia hora depois, policiais militares da Rotam prenderam quatro ocupantes de um Palio que estavam com o porta-malas cheio com produtos roubados da farmácia.
Ele e os três cúmplices ficaram presos até dia 25 de maio deste ano, quando tiveram a prisão revogada, passando a responder em liberdade pelo crime de roubo, seqüestro e formação de quadrilha.
Francisco se comprometeu a juíza da quarta Vara Criminal de Cuiabá Marcemila Melo Reis a trabalhar no restaurante da mãe, na avenida Brasil no bairro Pascoal Ramos. A última vez que ele compareceu ao Fórum Criminal foi no dia 2 de julho e havia cumprido todos os requisitos para responder pelos crimes em liberdade.
O outro morto, que foi identificado como sendo Weversom Aparecido de Campos da Silva,  não possui antecedente. Os policiais militares disseram que os outros três que vieram a óbito ainda não foram identificados.

Categorias

 Policia 
Correio Várzea Grandense / Correio Press - Av. Eurico Gaspar Dutra, Quadra 41, Lote 01, Sala 01. Jardim Aeroporto - Várzea Grande - Telefone: (65) 3029.2830 / (65) 9981-2053